20140512

Top 5 Dicas para Estudar Matemática

Para qualquer concurso que se pretenda prestar, resolver provas de raciocínio lógico e matemática será essencial para a aprovação. Cada um tem facilidades e dificuldades em matérias diferentes. Para aqueles que por alguma razão não têm obtido boas notas nestas matérias, seguem algumas dicas para aumentar suas chances de aprovação:


  1. Faça uma estimativa média do resultado esperado e anule respostas absurdas

    Antes de fazer as contas do exercício, considere mentalmente o processo que deverá percorrer e estime um máximo e um mínimo para resultado. Se você multiplicar um número decimal longo (p. ex. 4,37265) por outro número longo (p. ex. 72,4789) você pode estimar que o resultado será maior que 280 (4 x 70=280) e menor que 400 (5 x 80 = 400).

    Você também pode anular respostas absurdas considerando o tipo de pergunta feita pelo exercício. Se a questão pede a idade de uma pessoa como resposta ela não estará na casa dos milhares. Se pede horas diárias, é preciso lembrar que o dia tem vinte e quatro horas. Se a sua resposta estiver fora destes limites, algo está errado. É possível eliminar alternativas de questões de múltipla escolha antes mesmo de resolver as contas.


  2. Resolva os mesmos exercícios de formas diferentes

    Esta dica é mais para o momento de estudo, mas pode ser usada para revisar questões na hora da prova quando houver tempo. Quando estamos estudando por questões, pode parecer tentador resolvê-las todas por um sistema padrão que você já tenha decorado. De fato, automatizar alguns tipos de resolução é altamente recomendado para quem está se preparando para concursos. Entretanto, em termos de aprendizado da matéria, esta pode ser uma abordagem perigosa, pois você estará treinando somente para um tipo de exercício e alguma modificação no enunciado poderá deixá-lo confuso. A dica é aproveitar os momentos de estudo para entender ao máximo a matéria e resolver os exercícios por caminhos diferentes, treinando sua flexibilidade e capacidade de adaptação.


  3. Fique atento para a pergunta exata do enunciado e grife a unidade de medida solicitada

    É comum as provas apresentarem pegadinhas que surpreendem os mais ansiosos e distraídos. Mesmo sabendo a matéria o estudante erra a questão que jurava ter acertado. Um exemplo disso são as questões que pedem uma resposta em metros, mas o aluno dá a resposta em centímetros. O examinador, ardilosamente, coloca uma alternativa da resposa em metros, induzindo o examinado ao erro. Para evitar isto a dica é a grifar a pergunta do enunciado sempre que se perceber a possibilidade deste tipo de pegadinha.


  4. Verifique o resultado fazendo os cálculos de trás para frente

    Esta é uma boa técnica para quem deseja revisar suas contas durante a prova. Ao invés de resolver a conta novamente ou passar os olhos por cima do que foi feito, o que costuma ser tedioso e ineficaz, pois os erros já cometidos tendem a passar despercebidos, faz-se o cálculo inverso da questão, considerando o resultado a que se chegou. Por exemplo, se a conta pedia multiplicar 3 por 4, e você chegou na resposta 12, você verifica a questão dividindo 12 por 4 (cálculo inverso), chegando no resultado 3, que confirma sua resposta.


  5. Pratique e decore os exercícios que sempre caem nas provas

    As provas de concurso apresentam muito exercícios repetidos que mudam somente os valores. Uma boa estratégia é memorizar modos sistematizados de resolução para os exercícios que quase sempre são cobrados. Assim você ganha tempo durante a prova.


Esta lista de dicas certamente não é exaustiva e jamais substituirá longas horas de estudo, bons professores e bons materiais. As matérias de Matemática e Raciocínio Lógico pedem muita prática de resolução de questões para se obter segurança e bons resultados na hora da prova. Espero que aproveite estas dicas e consiga melhores pontuações!



Leia Também


Raciocínio Lógico Vol. I

Os Perigos de Estudar Errado



Créditos da Imagem:


OpenClipart (uploader Scout): Math Girl (figura foi alterada)