20140414

Top 5 Dicas para Anotar Melhor

Uma habilidade muito útil e importante para os estudos é saber como fazer anotações eficientes durante uma aula. Não basta anotar tudo o que o professor diz e, ao mesmo tempo, deixar de anotar a aula pode dificultar a revisão posteriormente.Também é comum o aluno fazer anotações confusas que não consegue entender depois. O hábito de anotar a aula é importante por várias razões:


  • Ajuda na concentração e nos mantém despertos;
  • Por ser um processo ativo ele exige mais do aluno, que precisa entender o que o professor diz e depois anotar com as próprias palavras;
  • Podemos revisar a matéria pelo caderno, que é um material personalizado que facilita a memorização

Cada estudante tem seu próprio jeito de funcionar: alguns preferem anotar mais, outros preferem prestar somente escutar. Alguns tem dificuldades para acompanhar uma aula equanto outros ficam empolgados com o assunto. O mais importante é descobrir como você funciona e então desenvolver seu próprio jeito de estudar e anotar. Eu, por exemplo, gosto de assistir aulas somente depois de ter lido um bom livro sobre o tema e já saber a maior parte do assunto. Assim, acompanhar a aula e anotar o mais importante fica muito mais fácil.

Neste artigo, separei cinco dicas para fazer anotações de forma mais eficiente.

  • Determine os Objetivos

    Esta dica vale para quase qualquer atividade de estudos, tanto leitura quanto aulas. Se você assiste a uma aula sem saber o porquê é muito provável que se distraia e não consiga anotar com exatidão. Para saber o que anotar, você precisa ter um objetivo em mente. Uma dica é consultar o resumo da aula, anotar os conceitos chave que serão apresentados e se perguntar: O que eu vou aprender nesta aula? Isto permite uma anotação mais seletiva e eficiente. Não adianta anotar tudo o que o professor diz, anote somente o que você precisa lembrar.

  • Glossário Pessoal

    Para quem não sabe, um glossário é uma lista de nomes de conceitos seguidos de suas definições, como um dicionário. A diferença é que o glossário se limita a conceitos específicos de um determinado domínio científico. No caso dos concursos, é muito comum encontrarmos nomes complicados, jargões e termos que não conhecemos. A dica é construir um glossário próprio e deixá-lo sempre acessível para posterior consulta. Anotar as definições ajuda a memorizar e a se organizar, isto economiza tempo e facilita o estudo.

  • Crie um Código Próprio

    Anotações de aula costumam ter palavras e conceitos que se repetem. Ao invés de escrever tudo por inteiro, muitas pessoas abreviam os termos para acelerar o processo de anotação. Isto pode ser muito prático, mas deve-se ficar atento para exageros: o excesso de abreviações pode dificultar ou impossibilitar a compreensão posterior das anotações. O melhor a fazer é criar um código pessoal de anotação, com abreviações pré definidas, legenda para uso de cores e símbolos, resumos e esquemas padronizados. Você pode definir cores específicas para anotar dúvidas, asteriscos para destacar revisão, setas para indicar "causa e efeito" e abreviaturas para termos em latim. A anotação torna-se mais mecânica, rápida e eficiente.

  • Palavras-Chave

    Ao anotar as aulas, é importante prestar atenção e tentar compreender o que está sendo dito pelo professor. Um modo inteligente e prático de anotar as aulas é concentrar-se nas palavras chave do discurso. Geralmente são termos que resumem bem a proposta da aula e referem-se diretamente ao cerne do conteúdo ensinado.

  • Anotar as Dúvidas

    Interromper um professor durante a aula para tirar uma dúvida pode ser muito chato: tanto para você quanto para os colegas e para o próprio professor. Mas como fazer quando não conseguimos entender o que está sendo dito? Ora, anote a dúvida no seu caderno e comprometa-se a procurar a resposta depois. Isto ajuda na organização dos estudos, reduz a ansiedade e delimita as lacunas do seu conhecimento da matéria. A resposta pode ser pesquisada em livros, na internet ou com o próprio professor no momento oportuno (geralmente quando ele pergunta se alguém tem alguma dúvida ou ao fim da aula). Quando descobrir a resposta, anote junto da pergunta. Desta maneira, quando a dúvida ressurgir (e isto acontece com frequência) você sabe onde procurar a resposta.



Leia Também:

Top 5 Dicas para Ler Melhor

Cinco Mitos Concurseiros que você Precisa Superar

Top 5 Dicas para concurseiros iniciantes




Créditos da Imagem: "Kids In School", OpenClipart, UpLoader: j4p4n.Imagem Alterada.